top of page

Descubra como as digital influencers organizam seu closet e inspire-se!

Atualizado: 3 de jul. de 2021

Você sabe como organizar o closet?


Independente do local, todo digital influencer adora abrir sua vida nas redes sociais, seja no YouTube ou no BBB 21. Desde o esmalte usado até o destino das férias em família, tudo vira assunto.

Por isso, um tema que aparece com frequência em páginas de fãs ou sites de fofoca é o closet das influencers. Afinal, vemos fotos aqueles vídeos de closets impecáveis, recheados de roupas e calçados.

Além dessa luxuosidade, o que mais atrai a atenção do público é a organização que esses espaços apresentam.

Para quem curti organização e adora uma estética impecável, olhar a imagem do closet de uma digital influencer traz imensa paz de espírito.

Por isso, confira agora como organizar seu closet como uma digital influencer.


Conheça os tipos de closet



Basicamente, podemos falar em 4 tipos de closet: modulado, gesso, closet pequeno e closet normal.

Começando pelo closet modulado, o modelo é aquele no qual você poderá modulá-lo ou montá-lo como desejar com peças já prontas, Isso significa que escolherá a quantidade de peças e repartições de acordo com sua necessidade e montará.

A ideia principal é que o closet modulado transmita versatilidade, permitindo fazer o closet conforme o espaço do seu cômodo, seja em um pequeno apartamento no centro da cidade ou numa bela mansão como a que os participantes do BBB 21 estão confinados.

Como você será a pessoa que definirá os tamanhos e as opções, não se esqueça de se ater às medidas do espaço.

Por outro lado, o closet de gesso é composto por paredes feitas a partir de driwall. Nesses modelos, é possível perceber que o branco predomina, devido ao uso de gesso no material.

Optar pelo closet de gesso apresenta alguns benefícios, tais como: o preço, a sustentabilidade dos materiais utilizados na construção e opções diversas para pontos de luz.

Apesar de a estrutura não poder ser mudada posteriormente, o closet de gesso deixa qualquer ambiente elegante e moderno.

Além disso, também contamos com o closet pequeno. Em resumo, o closet pequeno é para aqueles que dispõem de um espaço bastante restrito em seu imóvel.

No closet pequeno, além de optar pelo acréscimo de divisórias e portas, pode ser colocado em diferentes posições no espaço. Esse é o caso de closets montados atrás da cama, com acesso pela lateral.

Ademais, investir em cortinas, nichos e prateleiras são boas opções no closet pequeno.

Por último, vamos conhecer o closet normal.

Em suma, o closet normal é apenas uma forma de falar sobre o modelo de closet considerado “ideal” ou padrão. Ou seja, um modelo padrão de closet sem portas (ou com portas de correr) precisa ter, no mínimo, 70 cm disponíveis para circulação. Para tanto, deve apresentar 55 cm de profundidade.


Veja como organizar o closet passo a passo


Você conhece esses nomes: Tamylle Oliveira, Perla de Cássia, Thais Leia, Kerline Cardoso (BBB 21)?

Todas essas são influencers com as quais já trabalhei. De fato, grande parte dessas digital influencers ficam em dúvidas na hora de saber como organizar o closet.

  1. Categorize e otimize

Mas, vamos lá! Primeiramente, comece categorizando seus itens, ou seja, dividindo-os em categorias.

Faça um grupo das meias, grupo de calças jeans, vestidos longos, vestidos curtos, sapatos, etc. Em seguida, faça a separação dos itens. Simultaneamente, elabore a otimização das roupas.

Isto é, a medida que for separando suas roupas por categorias, crie uma categoria chamada “dispensáveis”. Lá, coloque as roupas que não gosta mais, as que não servem e aquelas que já estão velhas e/ou desgastadas.

Dessa forma, poupará tempo e conseguirá se preparar melhor para o próximo passo.


2. Exercite o desapego


Nesta etapa, você dará um destino para as roupas e acessórios da categoria “dispensáveis”.

Duas excelentes formas de praticar o desapego é através da doação e a realização de bazares .

Fazendo isso, além de conseguir desapegar de roupas que não te servem mais, ajudará uma pessoa que precise muito mais que você.


3. Planeje e padronize


Após categorizar, otimizar e desapegar, comece o planejamento das roupas e acessórios que restaram.

A etapa do planejamento é importante para que durante a execução do processo de organização você não acabe andando em círculos e se estresse sem motivos.

Assim, observe o seu espaço disponível. Ou seja, gavetas, cabideiros e nichos. Caso precise de algo para facilitar seu trabalho, por exemplo, caixas organizadoras, não exite em incluí-las.

Em seguida, visualize mentalmente as peças antes de colocá-las no destino.

Por fim, você deve executar a etapa da padronização. Nessa, crie padrões de separação de peças, seguindo seus próprios critérios, de modo a garantir resultado mais harmônico.

É bastante comum que as pessoas, por exemplo, separe as roupas brancas das roupas coloridas.


Como organizar as roupas íntimas?


Para isso, você pode utilizar alguns objetos que facilitem sua arrumação. Por exemplo, organizadores de gavetas, potes, caixas ou canos de PVC.

Como essas peças apresentam quantidade considerável e são pequenas, ao pegá-las costumamos fazer a maior bagunça, desorganizando tudo.

Por isso, utilizar divisórias e separadores assegura que a desorganização não ocorra.

No caso dos sutiãs, você deve guardar dobrados os sem bojo, e abertos organizados em fila os com bojo.


O que fazer com os acessórios?


Para aqueles que gostam de colecionar acessórios, é essencial destinar um compartimento para eles.

Muitas digital influencers gostam de fazer coleções de sapatos, bolsas, óculos escuros. Por isso, criar um espaço “VIP” apenas para este hobby é primordial.

Ademais, novamente os organizadores de gaveta são uma excelente opção. Eles dinamizam o espaço, garantindo que possa guardar diferentes acessórios em um mesmo local.

Aqui também vale recorrer à padronização, organizando os acessórios segundo algum critério como cor, material, tamanho ou finalidade.

Erros comuns na organização do closet

Não desapegar: das roupas que gosta muito, mas não serve mais;

Amontoar todas as roupas na cama: retirar tudo do closet e criar aquele amontoado tira o ânimo de quem está organizando. Isso porque o tal amontoado cria a sensação de excesso de tarefas;

Não fazer a etapa da categorização: pulando essa etapa, a pessoa apenas irá pegar roupas aleatoriamente e guardar de maneira totalmente aleatória. Com isso, além de se cansar mais, dificulta a visualização mental, etapa importante na organização do closet.


Confere só alguns resultados...


 

Quer conferir toda a organização nos mínimos detalhes?

Então, corre lá no nosso YouTube e veja isso e muito mais!


Gostou?

Não esquece de se inscrever aqui pra sempre receber nossas matérias e novidades. Além disso, vem me seguir na rede vizinha e acompanhar cada organização de pertinho!


 

101 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page